0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Ponha o braço no ar quem nunca sentiu a famosa facada no abdómen! Embora a “dor de burro” seja mais comum nos praticantes de corrida ou atividade física intensa, qualquer mortal já deve ter passado por esta experiência dolorosa e paralisante enquanto caminhava em passo acelerado. A causa da dor aguda, como uma pontada ou uma cólica, continua por esclarecer, como também se desconhece a origem do nome “dor de burro”. Talvez seja pelo facto de ser indeterminada, tal como a “cor de burro quando foge”. Mas afinal o que é a dor de burro?
Tecnicamente, chama-se dor abdominal transitória e acontece quando há um movimento repetitivo do tronco em posição vertical, como na corrida.
Semelhante à sensação de facada, manifesta-se quase sempre na zona lateral da barriga e não constitui motivo de preocupação.

Causas
 Insuficiência circulatória aguda. Quando o coração não consegue
acompanhar o esforço físico, pode acontecer um bloqueio do sangue no fígado e surge a dor lateral.
 Lesões e inflamação nos músculos abdominais. Estão envolvidos no sistema respiratório e, quando estimulados pela atividade, se houver lesão ou inflamação muscular, a dor pode surgir.
 Digestão. Durante este processo há um aumento do fluxo sanguíneo no abdómen, o que pode congestionar os órgãos e originar a tal dor de burro.

Como prevenir
 Comer 2 horas antes da atividade física, evitando o pico da digestão
 Fazer aquecimento antes do exercício
 Começar o treino num ritmo mais leve e aumentar gradualmente o esforço
 Respirar profunda e corretamente

Fontes:
http://www.clube-fitness.com/artigo/afinal-o-que-e-a-dor-de-burro , https://rotasaude.lusiadas.pt/prevencao-e-estilo-de-vida/exercicio/o-que-e-a-dor-de-burro/