0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A frase “deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer” está certa! A médica Teresa Paiva, considerada a maior especialista na área do sono em Portugal, reconhece em entrevista ao DN Life (15/7/2018) que “o sono é um ganho de tempo intelectual, emocional e físico“ e que é “durante o sono que as funções essenciais à cognição, à memória, à aprendizagem, à criatividade, ao equilíbrio emocional e ao equilíbrio do corpo são repostas e reorganizadas”. Assim, o sono é o equilíbrio que nos prepara para o dia seguinte e a privação do sono pode dar origem a problemas de saúde muito
graves (cancro e demência, por exemplo).

A redução do sono em crianças e adolescentes é um problema de saúde pública pelas consequências a curto e a médio prazo, que pode conduzir ao insucesso escolar e a comportamentos de risco. A longo prazo leva ao aparecimento de doenças crónicas como obesidade, hipertensão, diabetes tipo II, depressão e insónia que vão durar toda a vida.

Sete a oito horas desono, por dia são essenciais, pois (diz a especialista) “Marcelo Rebelo de Sousa pode ser um exemplo em muitas coisas mas não no que diz respeito o sono”. E fica a dica de Teresa Paiva: acordar com energia e feliz é sinal que o sono foi bom. 

Os nossos conselhos

  1. Deite cedo e levante cedo, de preferência a horas certas e aproveitando a luz do dia;
  2. Dormir sete a oito horas por noite é essencial para equilibrar a sua parte física e psíquica;
  3. Não faça refeições pesadas à noite, porque vai causar transtornos no seu sono;
  4. Tente relaxar antes de adormecer. Um livro pode ajudar nesse processo;
  5. Um banho relaxante faz milagres. Aproveite o momento