0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Transpirar é uma resposta natural e importante do organismo. Isto porque o corpo humano precisa de manter uma temperatura interna na faixa dos 36,5 graus para que tudo funcione corretamente. Se a temperatura no interior do corpo subir acima dos 45 graus, as células entram na zona de perigo. Para evitar a morte dos órgãos, o corpo tem um sistema de autorregulação: a transpiração.

Os sinais de aquecimento são detetados por recetores sensíveis à temperatura e enviados ao cérebro, no hipotálamo, que desencadeia os mecanismos de arrefecimento. É um processo complexo que passa por acionar a circulação sanguínea superficial, que nos deixa mais rosados, e a transpiração. O sangue é irrigado à superfície para libertar calor e a
transpiração funciona como um verdadeiro sistema de arrefecimento. Ao mesmo tempo que reduz a temperatura interna, refresca a pele à superfície. As axilas, as palmas das mãos e os pés são, quase sempre, os primeiros a responder. Da perspetiva fisiológica, transpirar é semelhante a um protocolo de emergência que evita a morte por sobreaquecimento interno. Mas quem se lembra disso quando o suor incomoda e causa desconforto? É que transpirar às vezes é um drama, sobretudo quando é acompanhado de manchas na roupa e um odor desagradável.

Principais causas de produção de suor
A facilidade e quantidade de suor produzido é característico de cada pessoa e deve-se sobretudo a fatores genéticos. Mas existem outros:
 Temperaturas elevadas
 Atividade física
 Stresse e ansiedade
 Alterações hormonais na puberdade, menopausa ou gravidez
 Álcool
 Nicotina
 Café
 Comida picante
 Vestuário sintético

O que provoca o cheiro desagradável?
O suor em si mesmo não tem odor. O que acrescenta cheiro à transpiração são as bactérias que habitam naturalmente na pele. Alimentam-se de partículas presentes no suor e produzem um cheiro desagradável. Embora invisíveis e inofensivas para organismo podem declarar guerra à vida pessoal, social e até profissionais do seu hospedeiro e transformar-se num verdadeiro transtorno.

Medidas para controlar a transpiração
 Duche diário, com água morna
 Vestuário leve e de fibras naturais
 Evitar alimentos ricos em gordura ou picantes
 Evitar a cafeina, tabaco e bebidas alcoólicas
 Reduzir o stresse e ansiedade com atividades relaxantes
 Manter o corpo hidratado
 Usar de desodorizantes ou antitranspirantes

Procure o nosso aconselhamento farmacêutico nas Farmácias da Luz e Prates e Mota em Lisboa

Fontes:

https://www.farmaciasportuguesas.pt/menu-principal/bem-estar/vida-
ativa/nutricao-e-actividade-fisica/suar-as-estopinhas.html
https://super.abril.com.br/mundo-estranho/por-que-ocorre-a-transpiracao/
https://www.farmaciasportuguesas.pt/menu-principal/bem-estar/desodorizantes-e-
antitranspirantes-conheca-as-diferencas.html