0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

acne tardio
A acne é o problema de pele que mais aparece nos consultórios dos dermatologistas.

Sendo uma doença predominantemente da adolescência (afecta 20 em cada 100 jovens) pode persistir ou aparecer pela primeira vez entre os 20 e os 40 anos de idade.

A acne é uma doença que começa por não ser  inflamatória mas rapidamente evolui se não for tratada. A produção em excesso de sebo e a proliferação bacteriana podem levar ao
aparecimento de quistos e cicatrizes (estas deixam muitas vezes marcas para sempre na pele).

Além do problema físico, a acne interfere com a auto-estima levando ao afastamento social, à tendência para a depressão e ao insucesso no trabalho.

No adulto as alterações hormonais, o stress, o fumo do tabaco, a toma de certos medicamentos (como corticóides), a aplicação de cosméticos oclusivos, a poluição e até uma certa pré-disposição genética, estão na base do desenvolvimento desta doença.

Na acne tardia as borbulhas (pápulas e pústulas ) e os pontos negros (comedões) aparecem em menor quantidade e menos inflamados que nos adolescentes. As zonas mais afectadas são a parte inferior do rosto, junto ao queixo, nas mulheres e nas costas no caso dos homens. A pele fica brilhante e irregular.

A acne não tem resolução espontânea e os tratamentos muitas vezes só têm resultados após algumas semanas ou meses depois de iniciados. É por isso, muito importante seguir à risca os conselhos prescritos.

Nesta altura do ano, após a exposição ao sol, é natural que haja um agravamento da doença ou mesmo o seu reaparecimento. A explicação é simples: o sol tem efeito ricochete. Ou seja, aparentemente o sol ajuda a “secar” as borbulhas, no entanto, os raios UV também ajudam espessar mais a pele e, por conseguinte, os fluidos de sebo têm tendência a ficar obstruídos nos poros. Basta juntar bactérias e, voilá, temos a simbiose perfeita para as malditas borbulhas aparecerem.

Os tratamentos da acne são muito individuais. Cada caso é um caso. Podem ser prescritos medicamentos de uso tópico e/ou medicamentos de toma oral (como antibióticos ou terapêuticas hormonais). Os tratamentos são complementados com produtos de limpeza, de cuidado e protecção.

Limpeza

Fundamental para qualquer pele. Os produtos usados devem ser suaves, para pele oleosa, sem álcool e perfume. O efeito sebo-regulador é importante para manter a barreira cutânea. A limpeza deve ser feita de manhã e à noite.


1

Cuidar e hidratar

A hidratação da pele oleosa é fundamental. Repor o equilíbrio na produção de sebo e a uniformização do grau da pele é o objectivo da maioria dos produtos hidratantes existentes para a acne adulta. Esta acção é realizada por agentes queratóliticos e sebo-reguladores. Podem ser utilizados mais do que um tipo de creme hidratante. Por exemplo, de dia pode usar-se um creme matificante, para evitar o brilho da pele, e à noite outro mais adequado ao alisamento do grão da pele.

 

2

 

Existem ainda soluções para aplicar localmente ajudando a borbulha a desaparecer mais rapidamente.

Nos tratamentos do acne severo é preciso usar um bom stick labial e muitas vezes também hidratantes vaginais! As mucosas ficam extremamente ressequidas, sendo desconfortável para o doente.

3

Proteger

O sol é para evitar. Alguns tratamentos da acne são foto-sensibilizantes podendo a pele ficar manchada com a exposição solar. É importante usar um protector solar apropriado.

4

Artigo escrito por Vera Torégão S. da Costa Santos – Farmacêutica

Créditos de imagem: La Roche Posay, Clarins